Seguros de Vida: com muitos benefícios para serem utilizados em vida, mercado de seguros se reinventa e cai no gosto da população

O prêmio total dos seguros de vida avançou 10,8% em 2017, ultrapassando, pela primeira vez, o segmento de automóvel, segundo dados da Susep. Parte dessa evolução está vinculada as melhorias dos produtos oferecidos pelas seguradoras e na capacitação dos corretores de seguros.

Pessoas como Rose, 55 anos, viúva e com renda de um salário mínimo estão descobrindo no seguros de vida uma oportunidade única de preservar sua saúde financeira. Rose não hesita em dizer qual foi a melhor escolha que fez nos últimos anos. Segundo ela, a aquisição de um Seguro de vida com uma cobertura especial para doenças graves foi primordial para que ela conseguisse arcar com os custos do tratamento de um câncer de mama que a impediu de trabalhar e de exercer suas funções.

” Se não fosse pelo dinheiro que recebi, eu jamais teria conseguido pagar o tratamento em um hospital particular e me curar da doença, fora que faltaria tudo em casa pois não pude mais trabalhar”.

O exemplo de Rose vem se tornando cada vez mais comum no Brasil, explica Ricardo Muller, especialista em Seguros de vida que capacita corretores de Seguro de todo Brasil a oferecerem soluções voltadas para o momento de vida de cada cliente.

Segundo Muller, tanto os corretores de seguros , como os clientes estão cada vez mais interessados no universo de coberturas que o seguro de vida pode oferecer. ” Até pouco tempo, os clientes acreditavam que o seguro de vida concentrava apenas coberturas para o caso de morte, esse benefício por si só não é muito aderente ao mercado brasileiro que culturalmente tem certa dificuldade em encarar situações relacionadas a morte. A expansão dos tipos de coberturas tornam o seguro muito mais atrativo em um mercado que é bastante otimista e deseja viver uma vida boa e financeiramente estável.” Ainda de acordo com Muller, ” As seguradoras nos últimos anos vêm se preocupando em lançar produtos que possam cada vez mais auxiliar os clientes em questões relacionadas ao dia a dia e em formas de ajuda-los a dar um próximo passo em assuntos relacionados a outras questões além da morte. Coberturas como doenças graves que garantem recursos ao segurado em caso de diagnóstico de câncer, infarto, AVC , Mal de Alzheimer, e outras são um exemplo disso”, destaca o especialista.

Outros benefícios também devem ser considerados,  como as coberturas para Invalidez por acidente e doença e diárias por incapacidade temporária que objetivam reestabelecer o salário do segurado que por um motivo de acidente ou doença não pode exercer suas funções. ” Os corretores de seguros que já observaram essa tendência, estão conseguindo muito sucesso em sua profissão pois traduzem esse desejo implícito da sociedade em produtos realmente aderentes a essa realidade.” Ainda de acordo com Muller, conhecer os benefícios e apresenta-los de forma generalista não empolga o cliente e não faz com que ele veja transformação nessa oferta. “Sou procurado por centenas de corretores que querem aprender a “provar” para o cliente a necessidade de se ter um seguro de vida, o que eu sempre digo é que não devemos nos preocupar em forçar um conceito, a preocupação dever ser muito mais voltada para o que realmente importa para o cliente.  Por meio de um planejamento financeiro eficiente onde deve ser considerado o atual momento de vida dele e seus objetivos futuros, ele deve ser levado a perceber quais são seus maiores desafios e quando aceitam esses pontos como sendo realmente pontos de alta sensibilidade a conexão corretor-cliente-necessidade é estabelecida, então o cliente passa a entender o real valor de uma proteção de vida e fica muito mais tranquilo com a solução apresentada”.

Ainda uma novidade no mercado brasileiro, os seguros de vida resgatáveis também tem espaço importante nessa mudança de percepção segundo Muller.

As pessoas que ainda não se sentiram atraídas pela proposta que o seguro de vida representa justamente por não gostar da ideia de ter sua utilização vinculada a um problema e não conseguir a utilização do dinheiro em vida ou em condições normais, enxergam nessa modalidade uma opção muito atraente. Esse produto, além de possuir as coberturas que um seguro de vida comum proporciona, oferece também a chance do segurado recuperar o valor investido ou parte dele com correção, caso ele precise.

A função múltipla do seguro de vida resgatável reveste esse produto do melhor dos dois mundos: A proteção financeira familiar em caso de algum imprevisto e uma “poupança” que acumula parte do recurso que poderá ser usado pelo segurado em plena sua melhor forma física sem nenhuma necessidade de um acontecimento extremo”.

Ricardo Muller ainda pondera sobre a necessidade de se procurar assessoria especializada quando o assunto é Seguro de Vida. ” Tenha na figura do corretor de seguros o profissional ideal para ajudar você a definir o tipo  seguro e as coberturas que você precisa.  O Corretor de Seguros é um profissional legalmente habilitado para fazer essa assessoria”. Conclui o especialista.

Você também vai gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


Warning: include_once(analyticstracking.php) [function.include-once]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/e/aa/1c/site1388173622/public_html/wp-content/themes/hueman/footer.php on line 114

Warning: include_once() [function.include]: Failed opening 'analyticstracking.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/e/aa/1c/site1388173622/public_html/wp-content/themes/hueman/footer.php on line 114