Consórcio pode funcionar como previdência privada

Planejar a aposentadoria para uma velhice tranquila, a faculdade dos filhos ou ainda aquele complemento na renda quando o ritmo do trabalho já não for mais o mesmo. Quem é que nunca pensou nisso ao analisar as conjunturas para o futuro? Investir no amanhã tem sido preocupação cada vez mais constante, e o número de pessoas que aposta no consórcio para esta finalidade não para de crescer, segundo Edna Honorato, diretora do Consórcio Luiza, empresa do grupo Magazine Luiza. Isso porque o segmento tem muitas opções para este fim, e os gestores de consórcios são profissionais aptos para desenhar e atender estes anseios.

“Se o desejo é por um complemento na renda, por exemplo, o cliente pode fazer um consórcio de imóvel, pagar parcelas de acordo com seu orçamento e, ao ser contemplado, investir em imóveis para aluguel ou, ainda, em salas comerciais para este fim, garantindo, assim, uma renda extra no futuro”, explica Edna. Esta é uma entre muitas maneiras de se programar para o futuro, ter a oportunidade de aumentar o patrimônio e ainda complementar a renda. O consorciado continua pagando as parcelas do consórcio com o aluguel que recebe, e quando quitar o consórcio, o mesmo continua recebendo o aluguel, com o objetivo de integrar a renda.

Com a longevidade do brasileiro aumentando ano a ano, desperta o olhar para um planejamento melhor definido, a fim de um futuro tranquilo da família, e ter disciplina financeira é, com certeza, o primeiro passo. O consórcio vai ao encontro dessa premissa, pois parte do princípio da educação financeira de poupar para ganhar. O sistema de consórcios é uma modalidade de acesso ao mercado para aquisição de bens, de acordo com a necessidade, baseado na união de pessoas físicas ou jurídicas, um grupo fechado, cuja finalidade é auxiliar na compra de bens, sejam eles imóveis, móveis ou veículos ou na contratação de serviços. O cliente, após ser contemplado, tem liberdade para escolher o bem ou serviço dentro do segmento contratado, com a vantagem de poder negociar o valor à vista.

As contemplações podem ser por sorteios mensais, nos quais participam todos os clientes em dia com suas parcelas, de forma igualitária, ou por lance. Neste último, o cliente oferta o valor que quiser, e a contemplação é para o maior lance entre todos os ofertados. Para o pagamento do lance existem várias modalidades no Consórcio Luiza: utilização de recursos próprios, abatendo parte do lance do próprio crédito contratado, ou do saldo do FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço), no caso do consórcio de imóveis. Estas opções podem reduzir o valor de parcelas ou o prazo do consórcio contratado.

Fonte: Segs

Você também vai gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>


Warning: include_once(analyticstracking.php) [function.include-once]: failed to open stream: No such file or directory in /home/storage/e/aa/1c/site1388173622/public_html/wp-content/themes/hueman/footer.php on line 114

Warning: include_once() [function.include]: Failed opening 'analyticstracking.php' for inclusion (include_path='.:/usr/share/pear') in /home/storage/e/aa/1c/site1388173622/public_html/wp-content/themes/hueman/footer.php on line 114